Novo piso para os jornalistas do RS

Jornalistas da capital e interior do Rio Grande do Sul já têm definidos seus respectivos pisos salariais com base no acordo coletivo de trabalho 2019/2020 do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (Sindijors). A homologação ocorreu segunda-feira, 8, pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Aprovada em assembleia geral da categoria, realizada no dia 22 de junho, a proposta define a reposição do INPC no período (4,78%), em duas parcelas, para os salários de até R$ 3 mil. Profissionais que recebem acima disso terão  uma reposição de 4,3%.

O piso do jornalista que desempenha suas atividades na capital do Estado será de R$ 2.454,73, a partir de 1º de junho de 2019, e R$ 2.512,03, a partir de 1º de dezembro de 2019.

Profissionais que atuam no interior do Rio Grande do Sul passam a receber piso de R$ 2.090,27, a partir de 1º de junho de 2019, e R$ 2.139,06, a partir de 1º de dezembro de 2019.

Além do reajuste salarial, o acordo também traz a aplicação do INPC nas cláusulas econômicas.

Os valores são referentes a jornadas de trabalho de 150 horas mensais. Para períodos acima desta carga horária, os valores precisam ser alterados e aumentados proporcionalmente.

Os acordos para as temporadas 2019/2020 podem ser acessados nos seguintes links: Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado do Rio Grande do SulSindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do RS.

Denúncias sobre desrespeito ao acordo coletivo dos jornalistas que trabalham no Estado podem ser encaminhadas ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul por e-mail (secretaria@jornalistasrs.org). Para contato telefônico, o número é 51 3228 – 8146.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *