Com ingressos esgotados, Agência de Notícias planeja segunda rodada de cursos virtuais

Agência A Hora lança curso gratuito em plataforma digital para apoiar jornalistas recém-formados

 

O trabalho é intenso e a concorrência é alta. O jornalista que quiser se destacar no mercado tem que mostrar que, além de talento, tem boa visão de mercado, antecipa tendências e consegue ser criativo nos mais diversos cenários, é o que apontam os guias da carreira.

O curso LAB|PRESS!2020, programa desenvolvido em parceria com a IUOJ (International Union of Journalists), foi uma das novidades do Grupo A Hora – Agência de Notícias e Conteúdo, que completa 40 anos este ano.

Foram 300 candidatos selecionados, entre eles, jornalistas e comunicólogos (com habilitação em jornalismo) recém-formados, que não tiveram a oportunidade de exercer a profissão em campo. Os alunos foram reorganizados em seis turmas para uma imersão na produção de reportagens.

A iniciativa foi coordenada pelos jornalistas veteranos Fabricio Magalhães e Paula Tooths. O curso teve carga horária de 40 horas.

Os participantes tiveram aulas com profissionais do mercado brasileiro, palestras feitas por convidados de outros veículos, bem como workshops com jornalistas atuantes nos Estados Unidos e Europa.

“Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer de perto o processo de produção do Jornal A Hora, da Revista Pier Magazine com circulação simultânea no Brasil, Miami e Londres, e de outros produtos do grupo” – conta o jornalista Fabricio Magalhães, CEO do Grupo.

A próxima etapa do curso está prevista para o segundo semestre de 2020 e as inscrições deverão ter início no final do mês de julho.

“Com o sucesso do projeto, a procura quadriplicou. O curso terá alterações para beneficiar os candidatos e melhor prepará-los para o mercado de trabalho. O processo seletivo também contará com mudanças”, adianta a jornalista Paula Tooths.

Fabricio Magalhães explica que entre os aprendizados básicos que são ministrados na academia, o curso indica a melhor forma de elaborar um texto como uma simples nota que precisa ser enviada em minutos para uma rádio, emissora de TV ou mesmo a redação de impressos e online, além de tópicos mais complexos como melhor planejar a produção e divulgação, há simulações de pautas que devem ser produzidas em um tempo mínimo para o fechamento de uma edição de impresso, e com um número mínimo e máximo de palavras. Outros pontos orientam a melhor forma de negociar uma entrevista e ainda sublinha a importância de estar bem informado e de investir em conhecimento.

Novos módulos serão adicionados como cobertura de eventos e mídia digital. Mas o Grupo A Hora promete não parar. Ainda em parceria com a IUOJ (International Union of Journalists), o “Prêmio 20 de Jornalismo” foi estabelecido e o vencedor ganhará uma posição na redação de um dos portais.

“É preciso compreender como funciona uma grande redação, seja ela de um jornal impresso ou um portal online e, hoje, os grandes veículos de comunicação trabalham com várias ferramentas além de estarem sempre se aperfeiçoando. Se faz necessário estar preparado para ser bem colocado em um mercado que é altamente competitivo”, relata Paula Tooths.

Para a segunda rodada do curso, os candidatos deverão redigir um texto com no mínimo 800 e no máximo 1000 palavras e o assunto será em torno das mudanças políticas no mundo contemporâneo em relação ao isolamento social com a pandemia do Coronavírus, porém, o título ainda não foi revelado.

Além de preencher os formulários com os dados básicos, cada candidato deverá também incluir prova de conclusão de curso no momento da inscrição.

A nova etapa também terá o suporte de investidores privados que buscam profissionais bem preparados da área de comunicação e a possibilidade de uma conexão com profissionais de recursos humanos e vagas disponíveis no Grupo A Hora e em outros veículos parceiros.

> Publicado Na Agência O Globo em 5/Maio/2020

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *