Falsos jornalistas são presos por aplicar golpes em MT

Dois homens foram presos em flagrante nesta quinta-feira (25), por associação criminosa e estelionato. Eles são acusados de aplicar golpes fraudulentos em empresários e comerciantes no município de Confresa (1.180 km de Cuiabá-MT).

 

A dupla se passava por jornalistas e oferecia trabalhos de mídia e propaganda. Porém, após receber os valores cobrados, os criminosos não cumpriam o combinado e deixavam as vítimas no prejuízo. A suspeita é que eles tenham obtido valores expressivos, já que diversos comerciantes foram alvos da ação.

“Além das vítimas que sofreram prejuízos nos últimos dias, os suspeitos também agiram do mesmo modo com diversas outras pessoas aqui na cidade desde o ano de 2020, as quais foram ouvidas”, disse o delegado Bruno Gomes.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, os golpistas diziam que trabalhavam em uma empresa sediada em Cuiabá e apresentavam revistas famosas e produção de vídeos para enganar os empresários e levá-los a contratar os serviços.

 

Os suspeitos foram detidos pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) no momento em que tentar aplicar o golpe em mais um empresário da cidade.

Com a prisão em flagrante por associação criminosa e estelionato, os suspeitos serão encaminhados à Unidade Prisional de Porto Alegre do Norte, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

As investigações continuarão no Inquérito Policial para angariar maiores informações em torno dos fatos e elucidar todo o prejuízo eventualmente causado pelos suspeitos.

Fonte:Circuito